domingo, 19 de junho de 2016

Masmorra Festival - 18.06.2016 - Nirvana Studios (por Nuno Oliveira)



O nosso amigo da ‘Caverna Abismal Records’  decidiu aventurar-se no mundo dos concertos e seria impensável de nossa parte faltar a este seu primeiro desafio!! Devido a compromissos familiares cheguei aos Nirvana Studios apenas depois do jantar e exactamente quando essa grande ‘estrela’ do futebol falhava um penalty que mais uma vez deixava Portugal em desespero!! Mas pronto cagando no futebol vamos ao que interessa!! O Masmorra fest prometia uma longa maratona de Metal para a carola da malta e mesmo chegando a meio posso dizer que de minha parte cumpriram com o prometido!! A 1º banda a subir ao palco depois do intervalo foram os ALCOHOLOCAUST, banda mítica do Underground nacional, conhecidíssima pelos seus concertos javardos e cheios de energia!! E eles não decepcionaram! Que puta de concerto!! Nada faltou!! Falhas no mic durante a 1ª música, whisky a rodos, muito suor, stage dives e muita energia a fluir naquele pequeno lugar!! A banda de Blasphemator, Possessus e companhia nunca deixa os créditos por mãos alheias e os hinos mais que conhecidos como ‘Brigada Anti-Posers’, ‘Anti Gótico’, ‘Supremo Heavy Metal Negro’ ou ‘Patrulha do Thrash’ não puderam faltaram para uma grande sessão de Headbanging e Mosh e ainda houve tempo para uma faixa nova que eu não apanhei o nome!! Após o final, tempo de ir lá fora apanhar um bocado de ar e meter a conversa com a muita gente conhecida que marcou presença neste dia!! Mesmo com o Hellfest e o Graspop a acontecer foi notável ver tanta gente reunida ali nos Nirvana Studios!! Próxima banda a subir ao palco foram os FESTERING, banda de Death Metal cá do burgo que tem um historial sui generis! Formados em 1992 lançaram um split nesse ano e desapareceram voltando à vida 20 anos depois com a demo ‘From The Grave’! O ano passado lançaram um CD que inclui essa demo mais as faixas de um 7’EP muito limitado que também saiu por essa altura e agora era a altura de se estrearem ao vivo! Sim, leram bem!! Após 24 anos era a estreia deles ao vivo!! E de minha parte só posso dizer, que venham mais!! Que grande show de Death Metal com claras influências das hordes escandinavas! Com ¾ da banda que gravou a demo em 2012 presente (apenas o guitarrista original por presentemente se encontrar na Bélgica não estava lá) e com 2 guitarristas convidados, mas bem conhecidos da malta, o Diogo Santana (dos Trepid Elucidation e Analepsy) e o Daniel (dos Tod Huetet Uebel), a banda teve uma excelente prestação que deixou muita gente de queixo caído com a qualidade do seu Death Metal!! ‘Proliferation of Infected Leucocytes’, ‘Consuming from Within’ ou ‘Psychic Convulsions of Neurasthenia’ foram algumas das faixas tocadas pelo quinteto de Loures e que deu para muito e bom Headbanging pelo muito público presente. Grande vozeirão por parte do Pedro e boa presença em palco nesta estreia deixaram-nos com água na boca para futuros concertos. Para finalizar a noite faltava ainda subir ao palco os Lisboetas RAVENSIRE que vinham rodar temas do seu segundo álbum ‘The Cycle Never Ends’. Quem conhece estes gajos, sabe que nunca desiludem e desta vez não foi diferente! Com novo guitarrista, o Mário Figueira (conhecido por ser membro dos 15Freaks e por ter pertencido aos Bleeding Display), o quarteto Lisboeta dispôs o seu Heavy Metal de referências épicas perante todos os presentes e que na altura ainda eram muitos. Os temas antigos como ‘Drawing the Sword’ ou ‘Iron Pits’ foram intercalados com malhas novas como ‘Temple at the End of the World’ ou ‘Crosshaven’ nunca perdendo ritmo apesar do extremo calor que fazia sentir na sala!! Com um excelente Rick Thor no comando das vozes e baixo, a bateria sempre coesa de F e a dupla de guitarristas (com o Mário e o Nuno Mordred) a darem um show de como riffar, estes senhores são sempre uma boa escolha para ver e ouvir quando se fala de Heavy Metal!! Resumindo: grande noite de Metal para todos os gostos (eu ainda perdi o Crust dos amigos DISTHRONE e o Black/Death dos grandes GÖATFUKK, além do mini-concerto dos FILII NIGRANTIUM INFERNALIUM), excelente iniciativa do amigo Nuno e mais uma noite bem passada no meio de velhos e novos amigos!!! Venham mais destes!!!